A música é a alma da festa, e em um casamento a escolha de uma setlist errada pode transformar o que poderia ser uma festa agradável e incrível em uma experiência desoladora. Por isso, para que o profissional não erre na escolha é preciso levar em consideração a opinião dos noivos e, principalmente, o feeling do DJ. É ele quem montará o set, que será apresentado durante a festa.

Para se tornar um DJ de casamentos incrível e ser cada vez mais procurado é preciso investir em alguns diferenciais. Pensando em quem se aventura por essa carreira, preparamos uma lista com 10 diferenciais que um DJ para casamentos precisa ter. Acompanhe.

1.Experiência de mercado

Animar um casamento, com convidados e familiares com perfis diferentes, por si só não é uma tarefa fácil. Por isso, para tornar-se um bom DJ para casamentos é preciso ter certa experiência de mercado.

Infelizmente, não é em início de carreira que você conseguirá animar o casamento da maneira como imagina, tornando a festa inesquecível. Antes de se aventurar por esse nicho tão exigente, convém experimentar em outras áreas. Faça eventos pequenos para só depois se arriscar por apostas maiores.

2.Capacite-se

A capacitação é um pré-requisito em qualquer profissão, e no mercado dos DJs não é diferente. Se você quer se tornar um bom DJ para casamentos e se diferenciar dos demais, invista em cursos, treinamentos e novas experiências. .

Buscar novidades, aliás, é o que o tornará um bom DJ, afinal você será capaz de mostrar ao público que o contratou que está sintonizado com as novidades e pode criar o ambiente descontraído que quem lhe contratou espera.

Recomendo para você o Curso Academia do DJ, sem dúvida o melhor treinamento online do mercado

3.Capacidade de sentir o momento

O bom DJ mantém o público entretido durante toda a noite graças ao bom senso. Ao sentir o momento, ele consegue escolher entre músicas mais animadas e mais calmas, garantindo assim que tanto convidados quanto os noivos aproveitem a festa, sem que a celebração caia na monotonia.

4.Conheça cada lugar em que for discotecar

O bom DJ para casamento deve conhecer cada lugar aonde irá discotecar. Faça uma visita antes, conheça a estrutura do lugar, onde sua pick-up ficará, saiba quantos convidados estarão presentes, veja a duração da festa e estude todas as peculiaridades do lugar.

5.Teste sempre seu equipamento

Caso você leve seu equipamento ou use o cedido pelo espaço, é fundamental testar a mesa de som antes da festa começar, para evitar surpresas, como defeitos ou setlist comprometido. Defeitos como esses são imperdoáveis, pois comprometem o clima da festa.

6.Aceite sempre sugestões no momento de montar o setlist

O bom DJ de casamentos já chega com seu setlist pronto mas, principalmente, conversa com os noivos para saber quais tipos de música eles devem que sejam tocadas durante toda a noite.

Como estrelas da festa, eles podem e devem ter voz ativa nesse momento, afinal se eles não gostarem de seu trabalho, pode ser complicado conseguir outras oportunidades nesse segmento tão disputado.

7.Acompanhe a preparação do salão para a festa

Mesmo que seu trabalho dure a madrugada toda, é importante que você chegue um pouco antes para acompanhar a montagem da estrutura da festa. Esse cuidado é fundamental para que você proteja seu equipamento e conheça melhor o lugar.

8.Seja flexível

Se, ao iniciar a sequência, você perceber que não está agradando, não tenha pudores e reveja  a lista. Seja flexível com os pedidos e sugestões dos noivos e saiba sempre quando se reinventar.

9.Faça investimentos constantes

Em um mercado tão competitivo quanto o de casamentos, o bom DJ precisa sempre investir. Seja na aquisição de novos equipamentos, softwares ou cursos, essa postura é fundamental para que você possa lucrar.

10.Tenha uma boa estrutura de luz

A luz é fundamental para fazer com que o público entre no clima. Por isso, tenha um bom jogo de luz, que se adapte ao ambiente onde esteja.

Estas são algumas dicas que se você colocar em prática terá um diferencial no mercado.